segunda-feira, 18 de abril de 2011

Balada de Coimbra - Carlos Paredes

Carlos Paredes tocando a Balada de Coimbra é uma modesta homenagem aos homens e mulheres, estudantes e professores que em 1969 protagonizaram uma das maiores lutas estudantis, pela liberdade cuja maior expressão foi a 17 de Abril.
Mas nada como ler de um dos principais protagonistas, parte da Estória brilhantemente contada aqui.

4 comentários:

Pedro Coimbra disse...

Que memórias, Rodrigo!!
Que vêm desde os tempos de infância.
O meu pai adora a canção de Coimbra.
E era amigo de grandes nomes da canção de Coimbra.
Que, por esta altura do ano, lá iam cantar a casa em tertúlias.
Até à morte do meu avô materno.
Aí acabaram essas tertúlias.
Mas não acabou a devoção do meu pai pelas tradições de Coimbra.

Isa GT disse...

Abril/69 só tinha 11 aninhos e morava em Lisboa... mas o meu avô sabia de quase tudo o que se passava e eu também sabia que certas coisas se falavam com voz normal e outras... só baixinho e que certas conversas estavam proibidas de ser comentar fora de casa.


Bjos

Carta a Garcia disse...

Caro Rodrigo,

Tal como já fiz no "A Carta a Garcia", quero reiterar e agradecer as sentidas palavras e a Homenagem que fazes à Crise Académica de 1969,em Coimbra, ainda por cima pela excelsa guitarra do Carlos Paredes...
Um grande Abraço de gratidão pela tua Amizade,
Osvaldo Castro

flor de jasmim disse...

Excelente Homenagem Parabéns pela escolha, eu não tinha 11 como a Isa, mas tinha 13, recordo bem de ouvir comentarios sobre essa luta, que só mais tarde vim a perceber a o grande significado. Carlos Paredes é muita vez ouvido, como outros muitos que ouvimos e fazem parte da familia lá em casa.
Beijinho