quarta-feira, 4 de maio de 2011

Esse Desemprego!

Esse Desemprego!

Meus senhores, é mesmo um problema
Esse desemprego!
com satisfação acolhemos
Toda oportunidade
De discutir a questão.

Quando queiram os senhores! A todo momento!
Pois o desemprego é para o povo
Um enfraquecimento.
Para nós é inexplicável
Tanto desemprego.

Algo realmente lamentável
Que só traz desassossego.
Mas não se deve na verdade
Dizer que é inexplicável

Pois pode ser fatal
Dificilmente nos pode trazer
A confiança das massas
Para nós imprescindível.
É preciso que nos deixem valer
Pois seria mais que temível
Permitir ao caos vencer

Num tempo tão pouco esclarecido!
Algo assim não se pode conceber
Com esse desemprego!
Ou qual a sua opinião?


Só nos pode convir
Esta opinião: o problema
Assim como veio, deve sumir.

Mas a questão é: nosso desemprego
Não será solucionado
Enquanto os senhores não
Ficarem desempregados!

6 comentários:

Pedro Coimbra disse...

Por estas, e outras do género, é considerado um génio.

Luís Coelho disse...

Bom dia Amigo
Mais um poema para ler e meditar.
O desemprego com duas caras e dois bicos. Para os políticos se armarem ao pingarelho conforme estão fora ou dentro do poder.

Desemprego com D de desgraça e desventura somando mais fome e muita tortura.

Andam por aqui uns tantos que melhor seria ficarem desempregados e beberem em taça dura a muita amargura daqueles que lutam por umas migalhas de pão que esses iluminados esborracham no chão para que ninguém as aproveite.

Dói de tanta mentira, hipocrisia e de cobardia.
Prometem o que não fazem e fazem o que lhes apetece para nos vergar pela fome.

flor de jasmim disse...

Excelente!!!

Bom para meditar...
e pensar, pensar...
já me dói a cabeça
de tanto pensar
dói mais por de deixar
de acreditar.
Beijinho

Janita disse...

Meu Caro.
Tão cedo este problema não sumirá, mas um dia será.

Para vermos surgir a luz ao fundo do túnel é preciso que desta vez quem nos meteu no túnel, não fique lá.

Por isso, até 5 de Junho decida-se!
Senão vai ficar mais enrascado, do que já está.

Vamos desempregar os senhores todos e o emprego voltará!

Janita

Fê-blue bird disse...

Nada mais verdadeiro e oportuno!
A solução é mesmo esta, despedir quem nos desempregou!

Bjos

heretico disse...

por estas e outras tem sido banido pelo pelo "pensamento único"...

abraços