quinta-feira, 5 de maio de 2011

Chico Buarque- Tanto Mar- Revolução dos Cravos

5 comentários:

Arlete disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
A.Tapadinhas disse...

Há muito tempo que não ouvia este hino...

Obrigado pela lembrança!

Abraço,
António

Rogério Pereira disse...

Não
A historia não se repete
e não se repetirá a revolução
Não há guerra colonial
Não há policia politica
Não há censura prévia
Não há canções como havia dantes
Tudo mudou muito?
Tudo mudou o suficiente para os donos de ontem se materem sem o odioso que tinham...
Mas há uma coisa que pode usar
O voto certo, no momento certo
A si compete saber qual é (e nem precisa que mo diga, basta seguir a cantiga)

Ana Paula Fitas disse...

Caro Rodrigo,
É verdade que, como diz o Rogério, a História se não repete... mas que com ela se aprendem lições inesquecíveis que nos ficam de referencial para toda a vida, também é verdade. No caso, é essa aprendizagem que nos permite resistir apesar do que podemos compreender e que nos sustenta a crítica sem nos derrotar a esperança :)
Por tudo isso, muito obrigado pela evocação.
Um abraço.

Fê-blue bird disse...

É pena meu amigo haver tanto mar, senão estaríamos mais perto deste país amigo e irmão que tanto nos pode ensinar.
Foi tão bom relembrar esta canção e estes ideais!

beijinhos