domingo, 29 de abril de 2012

Domingo

Palavras Ditas. Poema de Manuel da Fonseca

5 comentários:

Observador disse...

O sempre enorme Manuel da Fonseca.

Recorde-mo-lo.

Um abraço, caro Rodrigo.

Gisa disse...

Lindo e real poema. Até coisas tristes podem ser belas. Um grande bj querido amigo.

Fê-blue bird disse...

Quando se junta um bom poema e uma declamação assim, acontece magia e um bom domingo decerto.


beijinhos e boa semana

Graça Sampaio disse...

Não sei dizer se gosto mais de Manuel da Fonseca se do Mário Viegas. Cada um no seu estilo, claro! Se bem que este poema seja por de mais deprimente - de tão verdadeiro ser...

OceanoAzul.Sonhos disse...

Sempre tocante...

Boa semana.
Abraço
CVB