domingo, 8 de janeiro de 2012

Nós e a Natureza


                                                                        
Conhecer a natureza
da qual nós fazemos parte
é um prazer com certeza
que requer engenho e arte...

São os montes e os vales
rios e o mar tão fundo,
os bichos, o céu, a terra
e o linguajar do mundo.

E o silêncio dos que gostam
de filosofar calmamente
sem poluição sonora
que incomoda toda a gente

Incomodar uns e outros
é também da natureza...
conhecemos esses casos
não lhes encontramos beleza.

Com o tal engenho e arte
parto à procura do belo
seja flor ou pedra ou pão
tuas mãos, o teu cabelo ...

Encontro quase o que quero
neste infinito Universo,
Só depois quero mais
não fico por este verso.

5 comentários:

L.O.L. disse...

Simples e belo.
Bom Domingo meu caro Rodrigo.

acácia rubra disse...

"Nós e a Natureza". Um conjunto de nós e de laços que se entrelaçam, se destroem mutuamente.

Um poema simples, mas que pela sua simplicidade, me pôs a pensar sobre a natureza de nós e a própria Natureza.

Bom Domingo!

Beijo

Fê-blue bird disse...

Meu amigo, estamos em sintonia, pois a natureza quer seja em forma de texto ou poesia precisa tanto do nosso apoio.

beijinhos e bom domingo

Rogério Pereira disse...

Das quadras
simples e certas
escolho uma
das mais belas
para oferecer à sua Flor

"Com o tal engenho e arte
parto à procura do belo
seja flor ou pedra ou pão
tuas mãos, o teu cabelo ..."

Pedro Coimbra disse...

Não conhecia.
E gostei, Rodrigo.
Aquele abraço e boa semana!!!