sábado, 19 de novembro de 2011

Largo das Calhandreiras (6 anos depois)






     "DECLARAÇÃO DE INTERESSES"

"Nós não quisemos ser cúmplices da indiferença universal. E aqui começamos, serenamente, sem injustiças e sem cólera, a apontar dia por dia o que poderíamos chamar – o progresso da decadência. Devíamos fazê-lo com a indignação dramática de panfletários? Com a serenidade experimental de críticos? Com a jovialidade fina de humoristas?
As Farpas (Maio de 1871)"

"AS ORIGENS
Localizado no coração da Marinha Grande, o largo que actualmente apresenta o topónimo de Largo Ilídio de Carvalho (antigo Largo do Magalhães ou Largo da Fonte), ficou conhecido pelo Largo das Calhandreiras em virtude de ser local e ponto de encontro para uma das mais apreciadas, saudáveis e seculares tradições do povo desta terra – a calhandrice."

Durante 5 anos cumpriu-se esta genuína tradição!"
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Comemorar-se-iam hoje 6 anos de actividade do blogue Largo das Calhandreiras Apesar de se manter online (o que espero acontecer por muito tempo) Há quase um ano que sessou a actividade. Talvez por que foi ali que perdi a virgindade nesta coisa da blogosfera é com grande nostalgia, saudade e gratidão que recordo com grande emoção aqueles tempos que por ali passei, como simples leitor, comentador, opinador convidado e membro da comissão de moradores do ”Largo das Calhandreiras”

Quase um Ano depois é com muita saudade, mas sobretudo com aquela sensação de que tal como alguém disse: “Tenho por este "Largo das Calhandreiras" o maior respeito e a maior gratidão. Sou um cidadão livre e orgulhoso das minhas origens e raízes marinhenses. Continuo por isso a preferir os originais às fotocópias, as peças únicas dos mestres vidreiros às baratuchas réplicas made in China.” Que sinto que este Largo, digo este faz falta não há imitação que o substitua" .

Desculpem-me meus caros. Mas alguma emoção retira-me a criatividade para homenagear conforme queria, este meu e de muitos de vós,  um blogue que durante cinco anos e pico, tinha sempre algo de novo. Quantas centenas de bitateiros ali foram deixar a sua opinião e sentiram que também tinham voz.

No que me diz respeito, deixo os meus agradecimentos à comissão de moradores que me coaptou para seu membro e me deram a liberdade de escrever e publicar o que eu quisesse sem qualquer limitação.

Quem sabe um dia, voltaremos a escrever num sítio assim. Não é por nada, mas sente-se a  falta!

Para revisitar o Largo das calhndreiras clique aqui.

6 comentários:

MACAU BANGKOK O MAR DO POETA disse...

Caro Amigo RSM,
Em primeiro lugar meus sinceros parabéns pela passagem de seu sexto ano como bloqueiro, e votos formulo que muitos mais anos aqui esteja escrevendo.
Existe sempre um local, na nossa terra natal ou naquela que nos acolheu que muito nos diz, a si como bom marilheirense é o Largo das Calhandeiras, penso que um local onde os encontros são assiduos e onde a socialidade é um factor chave.
Eu, vivendo longe da cidade que me serviu de berço, e já lá vão 48 anos, jamais esqueci a minha rua em Évora e belas e gratas recordações mantenho dentro de mim.
Outras ruas se cruzaram na minha vida, e um dos locais que mais adoro, é uma pequena aldeia no norte da Tailandia, onde passo parte de meu tempo, lugar tranquilo, povo hospitaleiro com um mosteiro onde me recolho muitos vezes como monje budista.
Abraço amigo

Fê-blue bird disse...

Caro amigo:
Tenho saudades de passar pelo Largo e calhandrar a preceito ;)
Tenho esperança de que em breve nos possamos encontrar de novo por lá!
Parabéns, cinco anos é obra!

beijinhos

Carlota Pires Dacosta disse...

Parabéns ao Largo das Calhandreiras, que nunca conheci.

Beijo

Flor do Liz disse...

Parabéns ao Largo das Calhandreiras e estamos ansiosos que retome a sua actividade, que jamais deveria ter sido interrompida.
Voltem depressa porque estamos fartos de fotocopias chinesas.

Um abraço aos excelentes opinadores

alma de pássaro disse...

Ainda tive o prazer de "navegar" pelo antigo blog do Largo e aprendi muitas coisas ao lê-lo.
Espero que algum dia regresse como era antes. Esse ou outro blog do género. Faz falta e a malta agradece.
Beijinho

Janita disse...

Caro amigo Rodrigo,
já muito perto de celebrar os seis anos e um dia, não posso deixar de vir dar-lhe os Parabéns a si e ao Largo das Calhandreiras!
Já por lá passei aquando da última vez que o Rodrigo lhe fez referência e volto a lamentar que não lhe tenham dado continuidade. Esperemos que um dia isso aconteça!
Um beijinho
Janita