quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Camelos de Presépio


Um dos mais conceituados blogueiros da nossa praça, que mantem aberta há vários anos a “Barbearia do Sr. Luís” Luís Novaes Tito, lança, parece que já há uns tempos, um concurso denominado  de “Camelos de Presépio”.

Como isto de imaginação anda fraco, só me ocorria uma anedota, algo machista que não conto (por decoro) em que acaba com o camelo a pagar a conta final. Como me parece que a muitos de nós é isso o que está a acontecer ou seja estão a tratar-nos como “Camelos” e a fazer-nos pagar a conta, também vou dar a minha modesta contribuição, trazendo para aqui uma foto de um Camelo (ou da família) que encontrei algures no Oeste servindo de atracção a um restaurante com esse nome. Uma curiosidade: não sei bem o que é que aconteceu ao bicho, mas já só tem uma bossa.

2 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Caro Rodrigo:
Não é muito habitual andar a blogar por esta hora, mas quando li o seu comentário lá no CR vim a correr. Por acaso conheço esse camelo "de vista" e é um bom exemplar, mas muitas vezes me pergunto que mal fez o bicho para se tornar veículo publicitário...
:-)
Lamento desiludi-lo, mas tenho uma fezada de que este ano vou ganhar novamente...
Abraço

Pedro Coimbra disse...

Uma bossa não é camelo, é dromedário.
Do dromedário casebre preto, o primo de Camilo Castelo Branco :)))
Aquele abraço