terça-feira, 12 de julho de 2011

Nova Feira da Ladra


Qualquer semelhança com aquelas vendas que estão para ser feitas a preços de saldo, tendo em conta que há quem insista em fazer crer que não passam de lixo, é pura coincidência.
Apenas uma bonita voz emprestada a uma excelente canção escrita e cantada por dois grandes senhores da poesia do fado e da cidadania: Ary dos Santos e Carlos do Carmo.

3 comentários:

Rogério Pereira disse...

Faz bem lembrar outras vendas
Outros cantares, nomes e poemas...

Fê-blue bird disse...

Caro amigo:
Uma excelente voz, um excelente poema.
Beijinhos

Pedro Coimbra disse...

Na Feira da Ladra, a verdadeira, há mais honestidade e realidade.
Não há comparação, Rodrigo.