quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Revolução dos Cravos - Revolução de Jasmim.


Semelhanças. O Povo veio para a Rua...

5 comentários:

O Puma disse...

Em nome do petróleo

Barak Obama

apostam na guerra civil

flor de jasmim disse...

Não sou tão radical mas que isto está a precisar de levar um abanão, ai isso está.
Beijinho

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Estranho que desde que começaram as hostilidades no Egipto, as televisões deixaram de falar na Tunísia...

Anónimo disse...

Por onde andaram?
Esta é a pergunta que se impõe.
Após o início das manifestações no Egipto e a exigência nas ruas do afastamento de de Mubarak, logo veio Barak Obama pedir a democratização do sistema. Os senhores da Europa secundaram-lhe as palavras. Será que estão com medo que o povo tome em suas mãos os seus destinos?
Recordo que em 1974 os Estados Unidos da América se apressaram a ajudar a democratizar Portugal colocando como embaixador o Sr Carlucci.
Deixo um pequeno extracto da sua biografia:

"O proprietário do Grupo Carlyle, Frank Carlucci, tornou-se «o homem que é necessário conhecer» em Washington. Senta­‑se, com efeito, no conselho de administração de numerosas sociedades e influi notavelmente sobre a política externa e de defesa dos Estados Unidos. De Kinshasa à Tanzânia, passando pelo Brasil e Portugal, foi implicado em vários golpes de Estado. É, ainda hoje, o alter ego de Donald Rumsfeld com quem compartilhou o seu quarto de estudante e conduziu toda a sua carreira na CIA, no Conselho Nacional de Segurança, no Pentágono e nos negócios.

Fê-blue bird disse...

Meu amigo:
Por acaso quando vi aquela imensa massa humana no Egipto lembrei-me doutro povo, doutro Abril há muito esquecido.

Beijinhos e bom fim de semana