sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Mubarak abandona o poder, Egipto explode de alegria

11 de Fevereiro de 2011, 16:40

Ao 18º dia de protestos, com centenas de milhares de egípcios nas ruas, o presidente Hosni Mubarak abandonou o poder. A decisão chegou pela voz do vice-presidente egípcio Omar Suleiman. As ruas do Cairo explodiram de alegria.

Centenas de milhares de manifestantes reunidos na praça Tahrir, no centro do Cairo, explodiram de alegria com o anúncio da renúncia do presidente egípcio, após 30 anos no poder, relataram os jornalistas da Agência France Press no local.

"O Egipto é livre, o egipto é livre", grita-se na Praça Tahrir. Os manifestantes choravam, dançavam e cantavam "Deus é o maior!". Na Tunísia as pessoas também asiram para as ruas e buzinaram para comemorar a saída de Mubarak do poder.

Num comunicado feito na televisão estatal, o vice-presidente Omar Suleiman anunciou que Mubarak iria, de facto, abandonar o poder: "Nas circunstâncias difíceis que o país atravessa, o Presidente da República decidiu resignar ao cargo de Presidente e confiou no Presidente das Forças Armadas que continue o país. Que Deus nos ajude".

Após dois discursos nas últimas duas semanas em que Hosni Mubarak recusou abdicar do poder, o presidente egípcio delegou no seu vice-presidente o anúncio de renúncia, numa altura em que se encontra, juntamente com a família, na estância balnear egípcia de Sharm el Sheikh, junto ao Mar Vemelho.

A União Europeia já reagiu afirmando que o presidente Hosni Mubarak ouviu a voz dos egípcios ao anunciar sua renúncia ao poder, declarou a chefe da diplomacia da UE, Catherine Ashton.

A decisão, acrescentou Catherine Ashton, é um caminho para "reformas mais rápidas e profundas" no Egipto.

De Israel, chegarem do governo apelos de uma transição calma no Egipto e o Hamas anunciou que comemora o 'início da vitória da revolução egípcia'
.

@SAPO com AFP

6 comentários:

MARIINHA disse...

Olá Folha Seca.
Sou seguidora da Flor de Jasmim e já somos "conhecidas" também do Facebook. Soube agora que o homem lá se afastou, ainda não sabia. Agora esperemos que de facto possam viver em democracia, não venha aqueles fundamentalismos que todos sabemos que aconteceu no Irão.

Bom fim de semana e um abraço
Mariinha

Rogério Pereira disse...

Os "donos da solução" (expressão de Lula da Silva) terão ainda um duro caminho à sua frente. Diz-nos a experiência que a queda de um poder é apenas o inicio da caminhada...

O Puma disse...

O povo impôs a Obama

a demissão de Mubarak

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Por coincidência faz hoje 32 anos que o Xá foi deposto.
E faz hoje 20 anos que Mandela foi libertado.

heretico disse...

"cresce a semente do Futuro!"...
abraços

Pedro Coimbra disse...

A múmia falou pela última vez.
Recolha ao sarcófago!!
Abraço