quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Palavras "tristemente" sábias

Que Humanidade é Esta? Se o homem não for capaz de organizar a economia mundial de forma a satisfazer as necessidades de uma humanidade que está a morrer de fome e de tudo, que humanidade é esta? Nós, que enchemos a boca com a palavra humanidade, acho que ainda não chegámos a isso, não somos seres humanos. Talvez cheguemos um dia a sê-lo, mas não somos, falta-nos mesmo muito. Temos aí o espectáculo do mundo e é uma coisa arrepiante. Vivemos ao lado de tudo o que é negativo como se não tivesse qualquer importância, a banalização do horror, a banalização da violência, da morte, sobretudo se for a morte dos outros, claro. Tanto nos faz que esteja a morrer gente em Sarajevo, e também não devemos falar desta cidade, porque o mundo é um imenso Sarajevo. E enquanto a consciência das pessoas não despertar isto continuará igual. Porque muito do que se faz, faz-se para nos manter a todos na abulia, na carência de vontade, para diminuir a nossa capacidade de intervenção cívica.

José Saramago, in 'Canarias7 (1994)

4 comentários:

Isa GT disse...

Saramago é Saramago porque tem aquela sabedoria, de saber qual é o centro da questão, sem se perder na criação de "poeira para os olhos" :)

Bjos

A.Tapadinhas disse...

Fico fascinado com a sabedoria de alguns, poucos, como Saramago...

...e enojado com a pouca vergonha de muitos...

Abraço,
António

Agradeço as tuas amáveis palavras!

Agulheta disse...

Que dizer mais das palavras sábias de Saramago,era um grande visionário, como tal previu a desgraça que se iria abater por o Mundo fora,se está a perder tudo aos poucos.
Abraço

Rogério Pereira disse...

Sem comentários... e sabe porquê.
:-)