quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Nada nem ninguem é Insubstituível

Quando se participa durante alguns tempos num projecto colectivo sem qualquer outro objectivo do que dar algo de nós aos outros e por razões que por vezes nós próprios não entendemos bem, abandonamos esse mesmo projecto, sentimos como que um vazio. A minha participação durante uns tempos como opininador no "Largo das Calhandreiras", criou-me hábitos diários. Não tinha qualquer obrigação, mas sentia que havia sempre qualquer coisa de interessante para dizer ou publicar. Nunca me socorri de qualquer guião. Às vezes (muitas) as noticias que ouvia no percurso casa/trabalho davam o mote ao post do dia. Uma canção que ouvia ou relembrava, fazia com que sentisse vontade de a partilhar e como tal publicava-a se a encontrasse no You Tube.
Como se tratava de um blogue colectivo estava sempre ansioso por ver os meus camaradas da comissão de moradores (virtual) a publicar algo. Tal foi rareando, ao ponto de me sentir só e ir transformando o Largo num blogue pessoal. Foi isso e só o que me fez "dizer adeus" foi o que determinou o encerramento do "largo"

Mas como em tudo na vida há sempre quem espreita a oportunidade de saír de trás da cortina. Neste momento, já está a funcionar um outro com um nome o mais parecido e confundível possível. Tentaram-me ligar a esse projecto, já o desmenti. Esperemos que cumpra os objectivos daquele que pretende substituir.
Bom trabalho

3 comentários:

Luís Coelho disse...

Olá amigo
AS FOLHAS SECAS FAZEM BONITOS ARRANJOS FLORAIS.
ESPERO QUE TE CUIDES E QUE NOS APRESENTES BOAS NOVAS COM PROJECTOS E PRINCIPALMENTE AMIZADE.

Ferreira, M.S. disse...

Há decisões que têm de ser tomadas. Essa deve ter sido certamente complicada mas o importante é que a vida continua - e os blogues também!
Abraço
Ferreira

Isa GT disse...

É andar para a frente e mais nada, nesta vida, tudo muda... nem se põe a questão de melhor ou pior...

Bjos