sexta-feira, 3 de agosto de 2012

"O divino balanço do andar" da "Garota de Ipanema" faz 50 anos

Olha que coisa mais linda/ Mais cheia de graça/ É ela menina/ Que vem e que passa”. Foi num clube no Rio de Janeiro, a 2 de Agosto de 1962, que estas palavras se ouviram pela primeira vez. Passaram-se 50 anos e "o encontro entre a beleza da música e a beleza da musa" tornam a Garota de Ipanema conhecida por várias gerações um pouco por todo o mundo. Uma música que, por falta de pássaros, só arrancou na segunda versão e que, por acaso, nasceu bossa nova, mas se adapta a qualquer outro estilo musical. VER MAIS

6 comentários:

Observador disse...

"Olha que coisa mais linda"... este 'post'.

Obrigado, caro Rodrigo e parabéns para a 'Garota de Ipanema'.

Abraço

Janita disse...

Quem diria que aquela garota de corpo dourado do sol de Ipanema, que fez do seu balançado, mais do que um poema, já tem 50 anos?
Ah, como o tempo voa!

Este é daqueles temas que serão eternos.
Parabéns ao Vinícius, ao Tom Jobim à "Garota de Ipanema" e a si, Rodrigo, por no-la recordar.
Beijos.

Rosa dos Ventos disse...

Com 50 anos continua uma garota de se lhe tirar o chapéu! :-))

Anbraço

Graça Sampaio disse...

Das canções brasileiras mais lindas!

Beijo.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Quando estive no Rio, bem me pareceu que me tinha cruzado com ela, Rodrigo.
Mas como a achei mais senhora do que Garota, nem a cumprimentei :-))
Boa recordação
Abraço

Fragmentos Culturais disse...

Intemporal!