sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Xutos & Pontapés - Chuva Dissolvente


Entre a chuva dissolvente
No meu caminho de casa
Dou comigo na corrente
Desta gente que se arrasta

Metro, túnel, confusão
Entre súor despertino
Mergulho na multidão
No dia a dia sem destino

Putos que crescem sem se ver
Basta pô-los em frente à televisão
Hão-de um dia se esquecer
Rasgar retratos, largar-me a mão
Hão-de um dia se esquecer
Como eu quando cresci
Será que ainda te lembras
Do que fizeram por ti?

E o que foi feito de ti?
E o que foi feito de mim?
E o que foi feito de ti?
Já me lembrei, já me esqueci

Quando te livrares do peso
Desse amor que não entendes
Vais sentir uma outra força
Como que uma falta imensa
E quando deres por ti
Entre a chuva dissolvente
És o pai de uma criança
No seu caminho de casa

E o que foi feito de ti?
E o que foi feito de mim?
E o que foi feito de ti?
Já me lembrei...
Já me lembrei, já me esqueci

5 comentários:

Luís Coelho disse...

Já sei que aqui posso ouvir boa música. Aquela que gosto e mexe comigo.
Desejo-vos um bom fim de semana e tudo a correr bem.

Rosa dos Ventos disse...

E diria que é mais "Chuva Envolvente"!:-))

Abraço

Rogério Pereira disse...

E o que foi feito de ti?
E o que foi feito de mim?
E o que foi feito de ti?
Já me lembrei...
Já me lembrei, já me esqueci"

Um grupo a sério
Um caso sério de grupo

Gisa disse...

Lindo! Um bom domingo para ti querido amigo.
Um bj

Hugo Nofx disse...

Abençoados Xutos que estais na Terra...

abraço.