sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Sexta Feira à Noite.

Um brincadeira de um caricaturista amigo
Hoje é Sexta-feira estou aqui por casa literalmente ocupando o tempo fazendo umas incursões pela blogosfera e redes sociais.
Sem cair em saudosismos, em conversa online com um amigo recordei tempos daqueles que “já não voltam mais”.
De facto, durante alguns anos da minha vida a sexta-feira era o dia de jantar com os amigos e de seguida ir beber um copo e por vezes dois ou três, especialmente quando a saúde o permitia e a preocupação de conduzir não existia. Para além disso e já com uma idade pouco recomendável para descobrir vocações, lá descobri uma coisa chamada karaoke e aí fui fazendo uma "perninha".


Pronto! Tempos em que gastava acima das minhas possibilidades, né?



5 comentários:

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Folhinhamiga

Poizé - foi tempo... Mas, também recordar é viver. Não é viver de recordações, nem é saudosismo barato; é mesmo viver...

Qjs

NB - Já te sigo...

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Bom dia amigo
Um pouco afastado, mas sempre presente nestas coisas da blogósfera.
Tudo na nossa vida tem um tempo.
Foi bom o nosso tempo e criou algumas raízes que persistem. Depois vem o tempo de amadurecer e agora será talvez um tempo de rever e aprender com tudo o que foi e nos deixou tão gratas recordações.

Deixo-vos um abraço com votos e desejos de um Feliz Natal.

Pedro Coimbra disse...

Não acredite nesse paleio, Rodrigo.
Para esse peditório o pessoal já deu!!
Aquele abraço

Rogerio G. V. Pereira disse...

Gostei de o ver aqui

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Eu ainda vou teimando, mas já nem todas as sextas-feiras vou a esses convívios. Epecialmente no Inverno, retraio-me, mas na última sexta-feira lá fui :-)
Abraço